O projeto “Nano House” investiga o conceito de moradias compactas, tendência mundial contemporânea. Ele pode ser aplicado tanto como moradia permanente, bem como moradia temporária. Ele trabalha pela otimização de recursos tendo em vista que lavanderia e cozinha são parcialmente delegadas para fora da célula arquitetônica.

O conceito de cozinha será simplificado com o uso de refrigeradores compactos inseridos nos armários, bem como chapas de indução magnética para cozimento de alimentos. O projeto optou por não usar equipamento de TV, tendo em vista o crescente uso de smartphones, tablets e laptops.

O projeto trabalha em dois espaços: Social e íntimo. O espaço social incorpora os espaços de sala de estar, jantar e cozinha, enquanto o espaço íntimo abrange os espaços de dormitório, closet, home office e banheiro. Ambos são separados por portas/divisórias, podendo integrar-se conforme demanda.

O mobiliário foi desenvolvido especialmente para mostra e pode ser dividido em três blocos:

1 – Nano living atende sala de estar e jantar. Nele, estão incorporados módulos de apoio aos mesmos. O banco faz as vezes do assento de sofá enquanto o armário divide as funções de cozinha. É importante lembrar que neste projeto, parte das funções de lavanderia e cozinha foram otimizadas e lançadas para fora da célula arquitetônica. A geladeira virá embutida no armário, bem como a chapa de indução magnética será usada quando houver necessidade de cozimento de alimentos.

2- Nano Bed trata do módulo íntimo que engloba dormitório. O módulo central é de uma cama/plataforma. Os módulos laterais são feitos de divisória de parede.
Esta é a principal característica e também diferencial do mobiliário: Fazer a divisão que em geral é feita pela arquitetura.

3-Nano Closet trata do módulo que armazena vestuário, mas também pode abrigar penteadeira ou mesa para home-office. Seu sistema é leve, trabalha com estrutura metálica, trazendo uma proposta leve ao espaço.

Para finalizar, para além da pesquisa em moradias contemporâneas, o “Nano House” traz uma proposta estética de um espaço limpo e minimal, mas sem perder a alusão às tradições locais brasileiras, ou seja, ele almeja o “brasileiro-minimal”.

Tenha um bom passeio virtual!

Grande abraço,

Luciana Garcia Arquitetura e equipe



Luciana Garcia Arquitetura

Luciana Garcia Arquitetura

Luciana Garcia Arquiteta e urbanista (EA-UFMG), especialista em arte contemporânea (PUC Minas) e mestre em artes visuais (EBA-UFMG). Em 2008, recebeu o prêmio de melhor projeto de arquitetura de interiores pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-MG) junto a Marcelo Alvarenga. Em 2012, foi agraciada com o Prêmio da Lei de Incentivo Municipal da Cultura para a categoria de Projeto de Exposição de Arte, através do qual realizou a exposição “O Estado do Real”. Seu trabalho flerta com o universo da arte, resultando em montagens que dialogam com literatura, cinema, teatro, música e artes visuais. Participou da última edição do Modernos Eternos no projeto "Rouparia da Colecionadora" em que trabalhou o papel da mulher e sua emancipação ao longo dos séculos 20 e 21. Seu ambiente para a primeira edição digital da Modernos promete trazer muitas novidades e reflexões sobre o "morar" contemporâneo! Atualmente, vive e trabalha em Belo Horizonte.
Ver perfil
+
Ver produtos

Produtos neste ambiente

Blocos 3D desse Ambiente

Outra interpretação neste espaço